sábado, junho 7

FEMINISTAS MODERNAS VÃO QUEIMAR IMPLANTES DE SILICONE NA GULBENKIAN

De 26 a 28 de Junho vai realizar-se um Congresso Feminista na Fundação Gulbenkian, organizado pela União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), cujas organizadoras prometem não queimar soutiens, para contrariar o estereótipo. "Nós somos mulheres modernas. Vamos destruir o novo símbolo da sujeição da mulher à vontade masculina: os implantes de silicone. Mas como eles são resistentes ao calor, vamos explodir duas tetas falsas, como os taliban fizeram aos dois budas Bamyan", explicou Maria Teresa Horta, uma das feministas envolvidas no congresso. "E aconselhamos vivamente todas as mulheres a verem o filme 'Sexo e a Cidade' e a não comerem pipocas, mas testículos de porco salteados, como forma de mostrar o desprezo pela pseudo- superioridade masculina", concluiu.

Inimigo Público, 06/06/08

3 comentários:

subtilezas disse...

ahahahahahah* as vezes a cena feminista é tão surreal que por momentos achei que fosse verdade* shame on me*

Woman Once a Bird disse...

O silicone a queimar hoje é proporcional aos soutiens queimados nos anos setenta. E quem atirou o primeiro insulto (e não só) na altura que ateste da veracidade.

rosa que fuma disse...

tá genial a dos implantes. mas depois descamba....